Aquela antiga história, sobre denúncia de irregularidades nas concessões de rádio e TV

MPF quer anular renovação de concessões de deputados


Seis empresas de rádio e TV pertencentes a deputados e ex-deputados federais podem ter a renovação de suas concessões anuladas. O Ministério Púbico Federal no Distrito Federal entrou com seis Ações Civis Públicas alegando que houve favorecimento pessoal nas concessões, já que políticos que são sócios das empresas participaram das votações que analisaram e deferiram os pedidos de concessão e renovação de outorgas.

A denúncia das irregularidades foi feita pelo Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (Projor). De acordo com o Projor, dos 513 deputados, 51 tinham poder de voto para as concessões de rádio e TV com, pelo menos, 20 sendo membros da Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática, que é a responsável por analisar os pedidos na Câmara dos Deputados.

Após a denúncia, o MPF analisou todas as atas, de janeiro de 2003 a dezembro de 2005, e confirmou que esses parlamentares usaram indevidamente seus cargos para beneficiar direta ou indiretamente seus próprios interesses. O MPF pede a suspensão imediata das concessões e o pagamento de multa por dano moral coletivo. Os deputados ainda podem ser processados por improbidade administrativa.


Link www.sjsc.org.br

Comentários

Heliarly disse…
Esse negócio de TV é um enbrólio danado, pense comigo...

O lula fala que a "elite(RedeGlobo) da imprensa" quer tira-lo do poder, quer ferir a sua imagem, quer isso quer aquilo.... mas sera que quer mesmo???

A globo é a maior "estatal do país". A maioria de seus comerciais são pagos pelo governo...(petrobras,BB,Caixa,Correios etc...) Então é muito complezo... agenco com sempre fica cego e não sabe em quem acreditar, na dúvida desconfiamos dos 2 lados.... um abs...já falei(digitei) demais!
Heliarly disse…
Com uma mulher espera e bonito como vc, fika fácil!


um abs e bom fim de semana também!

Postagens mais visitadas